Apelo aos Portugueses

Дата публікації Перегляди: 2281

1Apelo aos Portugueses

Heróis do mar, nobre povo, Nação valente e imortal!

Irmãos Portugueses, povo livre!

 

Há mais de 20 anos que imigrantes ucranianos vivem neste país, que é um exemplo de tolerância, respeito e humanidade.

Estamos gratos do fundo do coração pela vossa confiança e por todo o apoio que sempre nos têm dado. Encontrámos aqui a nossa segunda pátria. Vós sabeis quem somos e quais são os nossosprincípios e valores, que são iguais aos vossos.

Como sabeis, a partir de 2014, quando a Rússia anexou a Crimeia e ocupou uma parte de Ucrânia, alguns concelhos dos distritos Lugansk e Donetsk, o regime do Putin continuou a sua agressividade,querendo ocupar e invadir toda a Ucrânia. Hoje, como nunca, precisamos de novo do vosso apoio e da vossa ajuda. Ajuda e apoio para salvar e defender a vida das nossas famílias e dos nossos compatriotas na Ucrânia.

O povo Ucraniano escolheu ser um país livre e democrático. Mas devido a essa escolha, somoscastigados pelo regime totalitário e ditador russo, centrado em Moscovo e dirigido por um novo “imperador”, Vladimir Putin, que quer regressar ao passado e dividir o mundo em zonas de seucontrolo.

Nós, Ucranianos, temos a memória fresca desse período. Holodomor, Segunda Guerra Mundial, campos de concentração Gulag e perseguições. No século passado, milhões de Ucranianos foram barbaramente executados por um regime igual ao que agora Putin está a reconstruir, só porque eramum povo livre.

Tal como fez o ditador Estaline no século passado, hoje Vladimir Putin inventa desculpas absurdas para invadir a Ucrânia e os países vizinhos ou para arepressão do próprio povo.

Não queremos aceitar isso, e nunca aceitaremos,nem para nós Ucranianos, nem para qualquer povo que sofra ou venha a sofrer a ditadura do totalitarismo.

Os primeiros heróis, que morreram em Kiev, em2014, nas barricadas contra o regime do presidente Yanukovich, controlado por Putin, foram um bielorusso e um arménio. Estavam desarmados. Junto com os Ucranianos defendiam o direito da livre escolha. Percebendo que isso pode acontecer na Rússia, que os Russos podem fartar-se de um ditador, Putin invadiu a Ucrânia inventando problemas que não existem. Não há guerra entre Ucranianos e Russos. Há guerra entre o totalitarismo e a democracia. Infelizmente esta guerra tem a linha de frente na Ucrânia.

Estimados Portugueses!

Sabemos que não estamos sozinhos neste tempo difícil, pois temos recebido tanto apoio e solidariedade. Mas para salvar a vida dos nossos compatriotas na Ucrânia, para parar as constantes e desumanas ameaças que ferem a nossa liberdade eestorvam a vida normal na Ucrânia, precisamos que os Portugueses também digam Não! a Putin. Que os Portugueses digam em voz alta “Estamos com a Ucrânia! Junto com os Ucranianos defendemos os valores do mundo livre e humano!”.

Viva a Ucrânia e Viva Portugal.

1

 

O seu apoio é importante, independentemente do valor que está disponível a doarimage


88888


 ban23


Читати Українською!

Бібліотека у Португалії

R. Saco 1, 1150-311 Lisboa

85


 

Громадське незалежне
телебачення 
«Тризуб TV»

tryzub tv


 



Книга пам'яті


УГКЦ у Португалії

Розпорядок Богослужінь



Уроки португальської мови


Відеоархів Спілки:

Статистика
Перегляди статей
17482315
Лічильник

Українська рейтингова система