"As Eleições de Domingo representam a hora da Ucrânia decidir: UE ou Rússia?" Mário David MPE, à partida para a Missão de Observação Eleitoral na Ucrânia

Друк
Створено: 27 жовтня 2012 Дата публікації Перегляди: 5738
Estrasburgo, 25/10/2012
O eurodeputado do PSD, recentemente reeleito Vice-Presidente do Partido Popular Europeu, está na Ucrânia integrado na Missão de Observação Eleitoral do Parlamento Europeu (MOE/PE) às Eleições Legislativas na Ucrânia.

Mário David recorda que "nos últimos dois anos a Ucrânia tem vivido uma fase demasiado atribulada, com evidentes recuos do processo democrático".

Acrescentando que "o processo eleitoral para as Legislativas de Domingo está obviamente marcado não só pelo facto da líder da oposição Yulia Tymoshenko estar presa num processo meramente político, como por inúmeras queixas por falta de imparcialidade e favoritismo da comunicação social, dos serviços do Estado e, pior ainda, do sistema judicial, ao Partido das Regiões, Partido do Presidente Viktor Yanukovych."

Mário David salientou ainda que "um processo eleitoral é o conjunto de todas as actividades desde o anúncio da data das eleições. Pelo que a sua legitimidade não depende exclusivamente de como se desenvolve o acto eleitoral e posterior contagem dos votos".

A finalizar, o eurodeputado do PSD afirma recear que "no seguimento dos 3 relatórios já produzidos pela ODIHR/OSCE criticando todo o processo, as eleições venham a ser consideradas 'não democráticas', nem transparentes, o que constituiria um irremediável afastamento da Ucrânia dos valores que partilhamos".

Além das reuniões agendadas pela MOE/PE, que ocuparão a agenda da Missão e o próprio processo de observação eleitoral das Assembleias de Voto no dia das eleições, o eurodeputado Mário David agendou diversas reuniões paralelas ao programa oficial, das quais destacamos os encontros com o anterior Presidente da República Viktor Yushchenko e com a filha de Yulia Tymoshenko, Yevgenia Tymoshenko.
www.mariodavid.eu


{module mod_knopka_comments}